Blog nº1

Indiscutivelmente o melhor blog...

Rega automatica gota a gota - guia passo a passo



Este blog deixou de ser actualizado.
Para mais informações e ideias sobre rega gota a gota consultem o meu novo blog em http://interessespessoais.com/jardim


Para concluir por agora os posts sobre rega automática de jardim, nada melhor que deixar-vos com o meu guia passo a passo para a construção desse tal sistema de rega gota a gota automático.
Como referi noutros posts, utilizei dois tipos de tubo: tubo de 16mm normal, para montagem posterior de gotejadores, e tubo microperfurado. Abaixo deixo uma foto de cada um dos tubos:

Tubo 16mm normal «««««« »»»»» Tubo 16mm microperfurado

Além disso, utilizei gotejadores reguláveis e também programadores de rega Gardena a pilhas. Antes de continuar, quero deixar aqui uma chamada de atenção, no que toca à escolha do programador: escolham apenas programadores que utilizem pilhas de 9 voltes, que são aquelas quadradas, caso contrário, passarão o vosso tempo a trocar pilhas, e além de gastarem bastante dinheiro, vão correr o risco de ter a rega parada durante um ou dois dias, se não tiverem oportunidade de andar sempre a confirmar se regou.

Neste guia apenas vou falar da montagem dos gotejadores, visto que o tubo microperfurado basta esticar e ligar à torneira.

Bom, dito isto, aqui vai então o meu guia ilustrado passo a passo para a construção do sistema de rega de jardim automático:
1 - antes de começar, é necessário reunir todas as ferramentas necessárias para implementação do trabalho. Neste caso, apenas vamos necessitar de uma faca, para cortar o cano sempre que necessário, e um objecto aguçado para furar o cano, que no meu caso foi uma chave busca-polos que apresento na imagem abaixo.

2 - Depois de estender o tubo pelo pé das plantas que se pretendem regar, faz-se um furo na parte do tubo que fica virada para cima, perto da planta. Lembrem-se que estamos a falar de gotejadores e não de aspressores, pelo que o raio de cobertura da rega é mais reduzido, sendo bastante importante que cada gotejador fique o mais perto possível da planta. A imagem que se segue mostra o pormenor do furo:

3 - Seguidamente pega-se no gotejador e aplica-se no cano através do furo. Atenção, que o furo deve ser inferior à conexão do gotejador, para que este fique apertado, caso contrário o cano fica a verter água. A imagem que se segue mostra os gotejadores que utilizo, onde é possível ver também o tamanho do furo do cano em relação ao gotejador:

4 - E pronto, depois de colocar o gotejador (é preciso fazer alguma força), o resultado é o das fotos que se seguem:
Após a colocação

Em funcionamento

Muitas vezes, acontece que o cano que colocamos com os gotejadores passa algo afastado de algumas plantas (nomeadamente árvores ou arbustos) que temos plantadas algo afastadas e dispersas, não compensando colocar mais um cano nessas plantas e, como no meu caso, mais um cano nessas plantas iria implicar a perda de pressão da água e o mau funcionamento do sistema de rega.
Para esses casos, eu faço "uma extensão" no gotejador com um tubo bastante fino (e um pequeno ligador (também disponíveis no AKI):

Aqui fica uma pequena explicação:
1 - A imagem que se segue mostra um exemplo típico de arbustos dispersos, afastados do cano principal que contém os gotejadores:

2 - Volto a fazer um furo no cano, como se para colocar um gotejador normal, mas em vez disso, coloco um ligador como o da imagem que se segue:

3 - Depois corto o cano fino com o comprimento necessário para chegar até à planta pretendida, e coloco-lhe um gotejador na ponta:

4 - Para finalizar, liga-se também ao ligador e pronto, está feita a "extensão" do gotejador, que desta forma chega mais longe, mas sem perder a pressão que iria perder se colocasse mais cano de 16mm:

10 comentários:

Autor disse...

Esqueci-me de mencionar que as fotos foram todas tiradas com o meu telefone, à medida que fui construindo a rega, daí a falta de qualidade das imagens, mas penso que dá para perceber bem.

Anónimo disse...

Grande ajuda, fiquei com uma melhor noção de como fazer a coisa...OBG

ribeiro

Anónimo disse...

Foi muito útil ler a sua explicação mas seria ainda mais se especificasse os preços dos materiais e onde os adquiriu
Cump

Anónimo disse...

Como mencionado no artigo, o material foi todo comprado no AKI.

Anónimo disse...

Demonstrou muito bem de que os manuais escritos nao servem para nada,comprei dois livros de rega para montar,fiquei cheia de duvidas,porque estes livros nao vao aos pormenores,isto é,partem do principio de que quem os lê já sabe alguma coisa,o que nao é verdade, eu estou a partir do nada,comecei agora a estudar a montagem, na internet também vi alguns sites que explicam muito mal e quase todos do Brasil para grandes hectares.Ainda me restam duvidas como por exemplo:se eu comprar tubo perfurado e se virar os buracos para terra,funciona como gotejadores, não é? Se comprar tubo sem buraco,além de os ter de perfurar tenho que pôr ou não gotejador?Ou também posso nao colocar gotejador?Os gotejadores sao caros e eu preciso de meia centena,por aí...então para que servem os gotejadores se os buracos do tubo podem servir para gotejar? Obrigada pela sua ajuda. M.José

Alberto disse...

Olá.

Com o tubo microperfurado não existe "parte de cima" ou "parte de baixo" do tubo. Simplesmente estica-se o tubo e não existe qualquer tipo de preocupação. Será a opção mais fácil de montar, mas certamente também será a mais cara.

Quanto a utilizar apenas um tubo com buracos, não me parece que funcione, pois não existe forma de controlar o caudal da água que sai, logo, nos primeiros furos a água provavelmente sairá em esguicho, enquanto que nos últimos apenas pingará. Os gotejadores garantem que em todos sai uma quantidade uniforme de água, e vêm inclusivamente com a indicação dos litros de água que correm por hora, o que é excelente para podermos poupar água e mesmo assim garantir uma boa rega.

Não deixem de consultar o novo blog, onde poderão encontrar este e outros artigos sobre estas matérias em http://interessespessoais.com/jardim

Anónimo disse...

Olá!
obrigada a quem me elucidou sobre os buracos do tubo e dos gotejadores,fixe... M.José

lorelei disse...

bom dia... independentemente do sistema de rega tive tambem de comprar tubo 16 mm para passar fio eletrico... eis o meu espanto na diferença de preços. o empregado do le roy merlin, quando lhe falei das diferenças dos tubos em termos de qualidade, disse: é a mema coisa; agora, comparem os preços heheheh vao ter uma surpresa agradável. 100 metros de tubo de electricista, 8,50 euros.

TZ disse...

Uma pergunta....
Ao encaixar os acessórios no tubo de 16 mm, além de CALOS, ganho PACIÊNCIA.

Aquilo é MESMO tramado.

Alguma dica?
Infelizmente, a instalação que eu estou a tentar fazer tem DÚZIAS de cantos e cantinhos e T's e cotovelos, ...... Aquilo dá cabo da paciência (e das mãos....)

Alberto disse...

Olá!

Pode sempre comprar um maçarico pequeno e aquecer os tubos, dessa forma, as peças (tês, gotejadores, etc) entram como se fosse em manteiga! :)

Este blog foi descontinuado. Para mais esclarecimentos, por favor visite o novo blog em http://interessespessoais.com/jardim
Lá poderá encontrar e e muitos mais artigos e dicas para rega automática.

Últimos comentários

Últimas do Twitter

    Sigam-me no Twitter
    Blog Widget by LinkWithin